Não Apenas Tente

Não faça oque não quer fazer
Não veja oque não quer ver
Não plante oque não quer colher

Não espere por atitudes corretas
Não apare as minhas arestas
Não ignore todas as setas

Não seja completamente perfeita
Não use pimenta malagueta
Não repare na minha sarjeta

Não teça planos
Não os deixe debaixo dos panos
Não tente furar os canos

Não entenda tudo que eu digo
Não esqueça tudo que eu digo
Não preze tudo que eu digo

Só faça oque não quer fazer
Só veja oque não quer ver
Só plante oque não quer colher

Não espere que desfaça meus erros
Não apare meus cabelos
Não ignore meus apelos

Não seja amável
Não use o palpável
Não repare um ato louvável

Não teça sonhos pequenos
Não deixe as palavras aos ventos
Não tente sufocar os rebentos

Não entenda meus gestos sinceros
Não esqueça meus gestos sinceros 
Não preze meus gestos sinceros

Faça oque quer fazer
Veja oque quer ver
Plante oque quer colher

Não espere que rime sozinho
Não apare a grama do vizinho
Não ignore o meu carinho

Não seja um amor passageiro
Não use o seu companheiro
Não repare se sou chocarreiro

Não teça sem imaginar
Não deixe de em nós pensar
Não tente só por tentar

Não entenda que sempre te amei
Não esqueça que sempre te amei
Mais preze pois sempre te amei

1 comentários:

Interessante, meio pragmático, tive que pensar bastante ou seja, interessante.
E o que você quer fazer? Ser? Ter? Querer?

20 de janeiro de 2015 15:36  

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Blogger Template by Blogcrowds